Comissão Municipal restrita de Protecção Civil reúne em Pombal para preparar e articular meios face ao risco de incêndios

Por: Marta Botas
04-09-2019


A Comissão Municipal restrita da Proteção Civil de Pombal reuniu esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, para apreciar a declaração de Estado de Alerta Especial de nível vermelho decretado pelo Governo e para estabelecer o acompanhamento e a articulação dos agentes de proteção civil a nível local, considerando as temperaturas que se vão fazer sentir nos próximos dias.

As previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos dias apontam para condições de instabilidade atmosférica que podem dificultar o controlo dos incêndios rurais.

O Governo decretou Estado de Alerta Especial de nível vermelho de 4 a 6 de setembro, para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

Considerando a previsão do incremento da atividade humana junto dos espaços rurais durante os próximos dias, que poderá dificultar as operações de supressão, ficou apurada a necessidade da adoção de medidas de prevenção.

A comissão extraordinária da Comissão Municipal da Proteção Civil de Pombal reforçou em comunicado “as recomendações que a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil emitiu e cujas medidas preventivas passam pela proibição e obrigação de determinadas atuações por parte da população”.

Durante o período crítico que se vai estender até ao dia 30 de setembro, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes da população face à situação de perigo de incêndio rural.

Durante o período crítico e nos dias de risco máximo é proibido fazer queimadas extensivas ou queimas de amontoados sem autorização, utilizar fogueiros e grelhadores em todo o espaço rural, fumar ou atear qualquer tipo de lime em espaços florestais, lançar balões de mecha acesa ou foguetes, fumigar ou desinfestar apiários, usar motorroçadoras (excepto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadoras.

As previsões do IPMA para os próximos dias apontam para temperaturas acima dos 30ºC, vento a soprar moderado a forte em todo o território nacional e baixa humidade relativa do ar com fraca recuperação noturna, o que vai gerar condições de instabilidade atmosférica que podem dificultar o controlo dos incêndios rurais.

Publicidade
Últimas