Joana Benzinho vence prémio por projeto na Guiné-Bissau

Por: Rita Ribeiro
05-04-2019


Joana Benzinho, fundadora e presidente da Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) Afectos com Letras, sediada em Pombal, foi uma das três galardoadas pela Fundação Yves Rocher Portugal, com o prémio Eco-Cidadã 2019.

O terceiro lugar do Prémio Terre de Femmes foi entregue à pombalense Joana Benzinho, que rumou até a Guiné-Bissau para instalar máquinas descascadoras de arroz com o objetivo de dar mais tempo às mulheres e crianças que se ocupam da descasca.

A Afecto com Letras trata-se de uma instituição que nasceu após uma visita à Guiné-Bissau – ainda sem intenções de criar qualquer instituição – quando se deparou com a realidade de crianças que queriam ir à escola e, devido à insuficiência financeira, não podiam. “Então, as crianças andavam na rua a vender bananas até ao limite do prazo para se matricularem [na escola]. E fiquei um bocadinho ligada aqueles miúdos“, revela  Joana Benzinho ao JPN.

Desde a criação da ONGD, em 2009, que a instituição concentra a sua atividade na Guiné-Bissau e tem como objetivos “a conceção, promoção, execução e apoio a programas, projetos e ações de cariz social, cultural, ambiental, cívico, educacional e económico.” Segundo Joana Benzinho, em 2014, chegou a primeira máquina de descascar arroz a Guiné, o que provocou um “impacto enorme”, na vida da comunidade da aldeia de Barambe.

Atualmente, a jurista conta já cinco máquinas, espalhadas por vários pontos da Guiné-Bissau, que, pelo simples facto de descascarem arroz, dão tempo a meninas e mulheres guineenses para irem à escola ou se dedicarem a qualquer outra atividade. O terceiro prémio valeu ao projeto três mil euros. A maior motivação da candidatura de Joana Benzinho foi a possibilidade de dar a conhecer o trabalho destas mulheres, revela.

O Prémio Terre de Femmes apoia e dá visibilidade a mulheres que se envolvem em iniciativas em prol do ambiente com projetos na área da educação, social, proteção ou biodiversidade. Esta foi a décima edição do Prémio Terre de Femmes em Portugal. Desde a sua primeira edição, em 2009, já foram avaliados mais de 145 projetos e premiadas 22 mulheres.

Publicidade
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
Relacionadas
Informação útil
Pombal

17º
18º 15º

Ter.

18º16º

Qua.

18º16º

Qui.

17º16º

Sex.

17º16º

Publicidade
Últimas