Covid-19: Concelho de Pombal regista descida do número de casos ativos

Por: Marta Botas
21-12-2020


O concelho de Pombal conta esta segunda-feira com 227 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus distribuídos pelas várias freguesias, anunciou o Presidente da Câmara, em reunião do Executivo, referindo que foram sinalizadas 4 recuperações, não havendo registo de novos casos ou óbitos nas últimas horas.

Referindo-se às 17 antigas freguesias, Diogo Mateus afirmou que “o concelho [se encontra] mais ou menos dividido a meio” entre as que contam com mais de 5 casos ativos e as que têm até 5 casos.

Com mais casos ativos estão as freguesias de Pombal, com 112; Redinha, com 31; Carriço, com 17; Pelariga, com 13; Almagreira e Guia, com 9 cada; Carnide, com 8; e Louriçal e Mata Mourisca, com 6 casos ativos cada.

Com menos casos ativos, o autarca identificou as freguesias de Vermoil, com 5; Abiul, com 4; Meirinhas, com 3; Santiago de Litém, com 2; e Vila Cã e Ilha, com 1 caso cada. Sem casos ativos estão as freguesias de São Simão de Litém e Albergaria dos Doze.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Comando Distrital de Proteção Civil, elaborado pelo Comando Distrital de Operações de Socorro com base nos dados fornecidos pelo ACES Pinhal Litoral, o concelho de Pombal conta com um total de 914 casos confirmados desde o início da pandemia, 657 dos quais já recuperam da doença e 30 resultaram em óbito.

Diogo Mateus adiantou que as situações críticas num lar e Santiago de Litém “felizmente estão ultrapassadas” e que metade dos óbitos ocorridos em Portugal desde o início da pandemia se verificaram “no último mês”, o que é “uma expressão muito preocupante” do risco de vida que “os mais vulneráveis correm”.

Referindo que desconhece ao certo quando terá tido início a contagem do número de novos casos que será considerada na nova reavaliação do nível de risco de cada concelho do país, mas partindo do princípio que terá sido entre os dias 15 e 16 de dezembro, o autarca deu conta do registo de 120 novos casos desde a reunião de Câmara do dia 11 de dezembro.

Avaliando os efeitos da pandemia na economia do concelho de Pombal, o Presidente da Câmara referiu que os dados facultados pela SIBS analytics indicam que o total das operações de pagamentos terá sofrido uma redução de 2,6% em novembro, face ao período homólogo de 2019, contrariando os indicadores positivos verificados nos meses de setembro e outubro.

Publicidade
Últimas