Presidentes de Junta sugerem alargamento da rede ‘Pombus’ a todas as freguesias do concelho de Pombal

Por: Marta Botas
06-10-2020


Os presidentes das juntas de Freguesia de Pombal, Almagreira e Pelariga sugeriram, na última reunião de Assembleia Municipal, o alargamento da rede ‘Pombus’ a todas as freguesias do concelho de Pombal, de forma a servir todos os pombalenses e colmatar falhas atribuídas aos serviços de transportes públicos em funcionamento. O presidente da Câmara, Diogo Mateus, admitiu essa possibilidade, mas não para já. 

 

O presidente da Junta de Freguesia de Pombal defendeu na última Assembleia Municipal o alargamento da rede ‘Pombus’ a todas as freguesias do concelho de Pombal. Começando por “realçar de forma positiva” todo o trabalho desenvolvido pelo Município de Pombal ao longo dos últimos anos, “com resultados na melhoria da qualidade de vida e do bem-estar da população”, e o esforço que o município fez para que todos os alunos ao nível do ensino básico usufruam gratuitamente da rede de transportes urbanos ‘Pombus’. Pedro Pimpão sugeriu o alargamento desta rede, que considera “um dos projetos mais importantes que tem sido desenvolvido em Pombal”, a todas as freguesias do concelho, com vista à “coesão social e territorial”.

“Não tenho dúvida nenhuma que o sistema que nós temos vindo a constituir é um sistema que oferece mais garantias, mais fiabilidade, mais qualidade e mais modernidade”, respondeu Diogo Mateus, adiantando que “se estivéssemos em campanha eleitoral eu diria que haverá ‘Pombus’ para todos”.

Também Humberto Lopes, presidente da Junta de Freguesia de Almagreira, destacou a importância do alargamento da rede, principalmente porque “há lugares na freguesia de Almagreira que ainda não rede transportes, nem pública nem privada” que chegue a todas as pessoas.

Nélson Pereira também interviu para pedir ao presidente da Câmara o alargamento da rede à freguesia da Pelariga. “É de lamentar, e muito triste todos os dias e várias vezes por dia, ter munícipes a pedir ajuda sobre transportes públicos, principalmente nas zonas onde as pessoas de mais idade não têm outro transporte para se deslocar à cidade”, argumentou o presidente da Junta de Freguesia da Pelariga, salientando que “é bom ouvir que a freguesia de Pombal está toda contemplada com o ‘Pombus’ mas fico um pouco triste quando eu tenho a minha entrada de freguesia a 1 quilómetro de onde pára o ‘Pombus’”.

Diogo Mateus lembrou que devido ao contexto de pandemia“a situação que vivemos, com lotações limitadas no ‘Pombus’, obriga-nos a ter uma frequência de passagem maior do que seria expectável em alguns lugares da freguesia de Pombal” e considerou que “com os meios e com as horas que temos disponíveis poderemos ir para as freguesias limítrofes, mas nas condições atuais não será possível”.

Publicidade
Últimas