Homem de 44 anos foi detido no concelho de Pombal pelo crime de violência doméstica

Por: Marta Botas
21-09-2020


Um homem de 44 anos foi detido no passado sábado, 19 de setembro, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Pombal, numa ação que contou com o reforço de militares do Posto Territorial de Pombal.

Segundo a Guarda Nacional Repúblicana (GNR), o suspeito terá infligido maus tratos físicos de diversa ordem sobre a sua esposa, de 45 anos, ao longo de 13 anos.

O detido, que já tinha antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, foi presente no mesmo dia ao primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Leiria, tendo ficado sob vigilância eletrónica e tendo sido decretada a medida de proibição de contatar com a vítima e/ou de frequentar a localidade de residência da mesma, tendo ainda de proceder à entrega das armas que tenha na sua posse.

Numa nota enviada à PombalTV, o Comando Territorial de Leiria da Guarda Nacional Republicana (GNR) refere que “na sequência de diligências de investigação despoletadas pelo crime de violência doméstica, apurou-se que o suspeito havia infligido maus tratos físicos, verbais, psicológicos e ameaças de morte, durante a relação de 13 anos que mantinha com a sua esposa, uma mulher de 45 anos”.

Ainda segundo a GNR, “ao tentar por termo à relação, há cerca de um mês, e na sequência de ter ido retirar alguns dos bens pessoais e essenciais à residência familiar, a vítima foi ameaçada de morte pelo suspeito, o qual recorreu a uma arma de fogo, obrigando a vítima e seus filhos, de 18, 22 e 26 anos, a fugirem do local”.

No seguimento das diligências policiais, no cumprimento de um mandado de detenção e de um mandado de busca domiciliária à residência do suspeito, os

Publicidade
Últimas