CDS-PP propõe medidas de prevenção e combate à Covid-19 a Diogo Mateus

Por: Marta Botas
17-09-2020


A Comissão Política Concelhia do CDS-PP de Pombal apresentou um conjunto de propostas ao Presidente da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Alves Mateus, que considera serem essenciais à prevenção e ao combate da propagação de Covid-19 no concelho de Pombal.

“No entender do CDS-PP, as medidas extraordinárias de resposta à situação epidemiológica pelo Governo são insuficientes e estamos solidários com as escolas e as autarquias locais, que todos os dias irão dar a cara pelas más decisões políticas no que concerne à organização do ano letivo”, justifica uma nota enviada à PombalTV.

Resumidamente, o CDS-PP propõe que seja desenvolvida uma “estratégia de rastreio contínuo de testes de despistagem e monitorização constante para proteção das populações mais frágeis e desprotegidas”, em larga escala e gratuita; e uma “estratégia de testes” faseada e voluntária à população, para rastreamento da infeção nas pessoas assintomáticas. Sugere o “reaproveitamento da logística criada no Expocentro”, referindo-se ao centro de testes em sistema ‘drive-thru’, ao contact center e à plataforma informática de gestão; e propõe o estabelecimento de parcerias com universidades e outras entidades, para a recolha e análise das amostras. No que diz respeito à retoma da atividade letiva, o CDS-PP propõe o incentivo do uso de máscara por parte das crianças do 4º ano do Ensino Básico dentro das salas de aulas; o reforço da vigilância do cumprimento do uso obrigatório de máscara do distanciamento social nos transportes de crianças da responsabilidade das autarquias. No que diz respeito ao comportamento da população em geral, o CDS-PP considera importante a sensibilização das autoridades policiais para a vigilância ativa nas imediações dos estabelecimentos comerciais.

As propostas foram apresentadas ao Presidente da Câmara “no seguimento da reunião decorrida no passado dia 10 de setembro nos Paços do Concelho”, com o CDS-PP a disponibilizar-se “para colaborar na aplicação destas medidas” e a realçar que “o possível aumento do número de casos detetados poderá não ser muito simpático mas trará sem dúvidas vantagens em termos epidemiológicos”.

Para o CDS-PP em causa está não só o eventual “impacto da reabertura das escolas” numa fase em que a epidemia voltou a apresentar “uma trajectória ascendente” e se aproximam o outono e o inverno, mas também a preocupação manifestada recentemente pela Comissão Municipal de Proteção Civil de Pombal “face ao crescente número de casos positivos verificados nos últimos dias”, que a Autoridade de Saúde Pública associou à fase “pós-férias”.

Publicidade
Últimas