Ministro da educação inaugura obras da Escola Secundária da Guia

Por: Marta Botas
30-01-2020


Decorreu na passada segunda-feira, dia 27, a cerimónia de inauguração das obras de requalificação da Escola Básica e Secundária da Guia.

O evento contou com as intervenções do presidente da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Mateus, e do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. 

“Estamos hoje a inaugurar uma obra que espelha a proatividade que o Município tem procurado ter na resposta às diversas necessidades do território”, referiu Diogo Mateus na cerimónia de inauguração, lembrando que o Município se propôs como “dono da obra” em 2016, “perante o diagnóstico dos vários órgãos de gestão deste Agrupamento relativos à carência da melhoria das condições gerais de funcionamento da Escola Básica e Secundária da Guia”.

O presidente da Câmara de Pombal lamentou o atraso no enquadramento do reforço do FEDER, situação que levou o Município a suportar todas as despesas de execução da empreitada.

“Melhorámos as condições de conforto, para que os alunos se possam focar na aprendizagem. Melhorámos os espaços desportivos, as acessibilidades, requalificámos os espaços de funcionamento geral, requalificámos a instalação elétrica. Dotámos a escola de todas as condições de aprendizagem e funcionamento, num investimento que ascendeu a 1.600.000€”, sublinhou.        

“O investimento na educação é para nós uma prioridade, e queremos garanti-lo a todos, em todo o território do concelho, mesmo que a capacidade nacional de assegurar os meios financeiros não garanta o mesmo a todos, em todo o território nacional, num exemplo de igualdade de acesso e de igualdade de oportunidades”, prosseguiu.

Diogo Mateus salientou que a intervenção do Município se estende além da obra física e mencionou os projetos-piloto implementados, os programas de férias e de ocupação de tempos livres, os financiamentos e bolsas de estudo, entre outros.

Dirigindo-se ao Ministro da Educação, o autarca lamentou a falta de resposta do Estado Central. “Para nós, não foi necessária qualquer transferência de competências para que assumíssemos a Educação como uma prioridade da política municipal e nos substituíssemos muitas vezes às competências que são do Estado Central”, disse.

Por sua vez Tiago Brandão Rodrigues reconheceu as reivindicações da requalificação das escolas junto da tutela, nomeadamente no processo de descentralização. O Ministro da Educação sublinhou que essa tem sido também "uma das maiores apostas deste governo e do anterior" e que “O Ministério da Educação tem feito parcerias muito conseguidas com as autarquias e assim continuaremos a fazer, porque entendemos que as parcerias com os municípios têm funcionado para agilizar, alavancar e potenciar os projetos pedagógicos das nossas escolas".

"Fizemos cerca de 700 requalificações, muitas delas em parceria com as autarquias como é este caso, num investimento de mais de 700 milhões de euros. Para a zona Centro pudemos anunciar que, depois de todo o dinheiro que tínhamos da programação do Portugal 2020, vamos alocar mais 47 milhões de euros para requalificações de infraestruturado escolar nesta região", reforçou o governante, insistindo que "O importante é continuar este esforço forte para poder requalificar escolas, ter escolas renovadas que possam cumprir completamente os seus projetos pedagógicos".

Fruto da iniciativa do Município de Pombal, as obras de requalificação da escola da Guia representaram um investimento que ascendeu a 1,6 milhões de euros.

Publicidade
Últimas