• MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion

Laura Mota assume Junta de Freguesia de Meirinhas aos 15 anos

Por: Marta Botas e Rita Ribeiro
09-01-2020


Laura Silva Mota, de 15 anos, tomou posse como “Jovem Presidente da Junta” de Meirinhas na passada terça-feira, dia 7 de janeiro.

A cerimónia protocolar de tomada de posse decorreu no Colégio João de Barros e contou com as intervenções do diretor do Colégio, Valter Branco, do presidente da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Pedro Cegonho, do presidente da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Mateus, e do presidente da Junta de Freguesia de Meirinhas, Virgílio Lopes, que não escondeu a sua satisfação por agora ter ao seu lado Laura Mota.

“Conto muito com a tua participação, com as tuas ideias e motivações para juntos continuarmos a construir uma cada vez melhor freguesia de Meirinhas” disse Vergílio Lopes, adiantando ainda que “começa verdadeiramente o tempo em que os jovens de Meirinhas podem e devem ter ideias, ter opinião, ter decisão, ter intervenção e acima de tudo ter participação”, concluiu o presidente.

Já Diogo Mateus, presidente da Câmara Municipal de Pombal, enalteceu “todos aqueles e aquelas que concorreram e que pensaram na freguesia, escreveram as suas ideias, identificaram as suas prioridades” e tiveram “coragem” de “dar a cara e de defender as suas ideias”, tendo o bem-estar de todos no centro das preocupações.

A jovem presidente aproveitou o seu discurso para congratular a junta de freguesia “por ter trazido esta iniciativa à nossa terra” e agradeu ao “Colégio, por ter aceite fazer parte deste projeto”. Laura Mota aproveitou ainda a ocasião felicitar “todos os outros candidatos” pois “todos eles também contribuíram para que eu hoje estivesse aqui, pelo que exigiram de mim, pela vossa dedicação, pelo vosso entusiasmo pela nossa terra, pelo dinamismo e pela amizade”.

“Nunca senti que houvesse rivalidade entre nós e isso é muito bonito. O que existiu, e deve existir sempre, foi uma competitividade saudável que veio mostrar que as Meirinhas podem contar connosco para o futuro e que vamos estar aqui sempre presentes para dar o melhor de nós pela terra e pelo concelho que nos tem visto crescer”, disse a Jovem Presidente.

“Com esta eleição quero que este não seja o início da oportunidade para os mais jovens. Pretendo levar avante as minhas propostas, transmiti-las, arranjar soluções para elas, do mesmo modo que pretendo diálogo e trabalho intergeracional, que se paute pela responsabilidade, pelo saber ouvir, e pela humildade”, declarou.

“O futuro começa em nós. Que acima de tudo esta minha eleição vos desperte para o cuidado e sentimento de pertença ao local que vos viu nascer e crescer. Tracem os vossos objetivos. Lutem por eles”, concluiu Laura Mota.

A eleição foi disputada por 14 candidatos, que apresentaram a sua proposta de eleição ao Parlamento dos Jovens, naquela que foi a primeira edição de uma iniciativa promovida pela Junta de Freguesia de Meirinhas, em parceria com o Colégio João de Barros.

Reaproveitar a antiga escola primária de Meirinhas para instalação de uma biblioteca com um espaço de estudo e outro dotado de equipamentos tecnológicos, foi uma das primeiras propostas apresentadas pela “Jovem Presidente” durante a fase de eleições.

Publicidade
Últimas