Juiz deixa em liberdade suspeitos de assaltar e torturar idosos

Por: PombalTV
20-09-2018


A Polícia Judiciária deteve esta quinta-feira, 13 de setembro, um sexto suspeito de pertencer ao grupo que assaltou e agrediu cerca de três dezenas de idosos da Região Centro, entre fevereiro e julho deste ano. O grupo está indiciado por 19 assaltos em Pombal, Coimbra, Leiria Figueira da Foz, e Marinha Grande.

O Ministério Público (MP) propôs para os cinco arguidos a prisão preventiva, mas um juiz de instrução de Leiria só aplicou a medida a um deles, reservando para os outros a mais leve de todas as medidas de coação, termo de identidade e residência.

Durante a semana passada, a PJ efetuou buscas, entre a Figueira da Foz e a Marinha Grande e efetuando quatro detenções com mandados do MP. Entre os indícios que sustentaram os mandados, havia prova científica que ligava pelo menos um arguido aos assaltos. O grupo identificava casas isoladas onde moravam idosos e, à noite, encapuzados, surpreendiam as vítimas nos quartos, agrediam-nas e torturavam-nas, para que revelassem onde tinham dinheiro e ouro.

Os detidos são suspeitos de ter causado a morte a uma mulher de 85 anos, na Roussa, freguesia de Pombal, após várias horas de tortura, para que esta lhes revelasse o local onde tinha o dinheiro guardado. Durante esse episódio de malvadez, os suspeitos provocaram várias fraturas à idosa, tendo, esta, acabado por falecer já no hospital.

Publicidade
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
  • MyPassion
Relacionadas
Informação útil
Pombal

12º
14º

Qua.

13º

Qui.

10º

Sex.

13º

Sab.

14º

Publicidade
Últimas