BioArtes: “ecologia, tradição e cultura”

Por: PombalTV
11-07-2018


Passeios de charrete, workshops para grávidas, animação, atelieres de fotografia e pintura, mostras de cozinha saudável, mercado de trocas infantil, mostra de artesãos, quinta pedagógica e muito mais, na primeira edição do BioArtes – Mercado de Produtos Locais e Artesanais de Pombal, um evento organizado pela Junta de Freguesia de Pombal e que une “ecologia, tradição e cultura”. O evento realiza-se no Jardim do Cardal, a 15 de Julho, entre as 11h00 e as 20h00.

“O BioArtes é um projeto que consiste na dinamização de um mercado comunitário que visa a promoção e valorização de produtos locais e artesanais de Pombal”, explicou Pedro Pimpão, presidente da Junta de Pombal, sendo que quer dinamizar a cidade através de uma iniciativa que une “ecologia, tradição e cultura”.

“Esperamos ter uma grande adesão, é um evento feito com o ADN de Pombal e as pessoas vão querer participar”, realçando a existência de “atrativos para todas as gerações”.

Segundo Pedro Pimpão, o BioArtes nasceu “de uma parceria com a Associação de Artesãos de Pombal, criada há cerca de dois meses, e pretende promover e valorizar os produtores e artesãos da freguesia”, ou seja, “queremos trazer a comunidade à cidade”, continuou o autarca, referindo que as iniciativas decorrem entre as 11:00 e as 20:00, no Jardim do Cardal.

Além da mostra de produtos e artesãos de Pombal, o BioArtes contempla uma quinta pedagógica e um mercado de trocas infantil. “Vai ser um espaço de partilha, para incentivar as crianças a trocarem brinquedos e jogos que já não utilizem”, explicou, frisando que neste mercado “não há dinheiro” e que esta é uma atividade dinamizada pelo Agrupamento de Escuteiros local.

Ao longo de todo o dia há ainda outras atividades, como um laboratório de artes no qual os participantes são desafiados por exemplo a desenhar monumentos ou elaborarem retratos com papel reciclado e ainda um espaço relacionado com a ecologia. Neste vai estar em foco a reciclagem, compostagem e criação de jardins verticais ou hortas em casa.

Pedro Pimpão destacou ainda o 1.º Encontro Folclórico da freguesia de Pombal, com a presença de quatro grupos, ou um concerto por uma filarmónica no coreto do jardim, o que disse não se ver há “muito tempo e que antigamente era recorrente”.

A Câmara Municipal, a Culnatur, a Filarmónica Artística Pombalense e o Crédito Agrícola são algumas das instituições que colaboram na organização deste projeto.

Publicidade
Últimas